domingo, 25 de novembro de 2007

BALANÇO 2007 (PARTE 1)

A partir desta semana estarei dando início a uma série de posts
relacionados ao que li e vi de interessante durante o ano.
Naturalmente só estarei relacionando aquilo que não foi re-
senhado anteriormente ou fazendo alguns comentários adicio-
nais sobre o que já foi postado.

CONTOS:

D.F. Lewis



Comentário:
D.F. Lewis é o William Burroughs da weird fiction
contemporânea. Incansável experimentalista, publi-
cou mais de 1.500 (!!) contos em apenas 10 anos
de carreira. É natural que em meio a tão prodigiosa
produção tenha escrito muita coisa fraca: alguns
contos são excessivamente experimentais, vagos e
abstratos e outros não passam de mera contemplação
do próprio umbigo. Mas separando o joio do trigo
e com uma boa dose daquele têmpero conhecido
como "gosto pessoal" a obra do Lewis se revela
uma das mais ecléticas e pessoais da weird fiction.
Pela sua produção inumana pode ficar a impressão
de ser um mero hack esrevendo no piloto automático.
Não.D. F. Lewis é um dos mais literatos e sofisticados
escritores da atualidade.
Nesta relação abaixo vocês encontrarão uma releitura
pós moderna do mito do vampiro, uma mini fantasia visi-
onária digna de um William Hope Hodgson, um espelho
transdimensional, dentre outras demências e maluquices
que só poderiam sair de sua cabeça.



Dognanhyi-D.F. Lewis ============================= ***1/2
Always in Dim Shadow-D.F.Lewis =================== ****1/2
Shiftlings-D.F.Lewis ============================= ****1/2
The Sun is Setting-D.F.Lewis ===================== *****
The Doorman Couldn't Sleep...-D.F.Lewis ========== ****1/2
Wiles-D.F.Lewis ================================== ****
The Abacus-D.F.Lewis ============================= ***1/2
The Caretaker-D.F.Lewis ========================== ***1/2
The Swing-D.F. Lewis ============================= ****1/2
The Christmas Angel-D.F.Lewis ==================== ***1/2
Second Best-D.F. Lewis =========================== *****
Migrations of the Heart-D.F.Lewis ================ **
Find Mine-D.F.Lewis ============================== ****1/2

ROMANCES:

The Tenant-Roland Topor






Comentário:
O romance de Topor que deu origem ao filme do
Polanski é ainda mais pertubador e inquietante.
Escrito em um estilo simples e direto, Topor é
um pequeno mestre das palavras precisas. The
Tenant é um suspense/thriller existencial que só
poderia têr sido escrito por um europeu.
A introdução do Thomas Ligotti é erudita e in-
formativa.
Além do texto na íntegra, esta excelente edição da
Millipede Press reúne alguns contos do autor
e uma galeria de sua arte surrealista.
 

Um comentário:

livia soares disse...

Olá, Ramon.
Vc às vezes fala de umas coisas que não conheço, mas tenho certeza de que vou gostar. A maioria dos filmes orientais, alguns contos e romances, por exemplo. Mas quando leio as suas resenhas, sei exatamente o que me interessa e quando fico desconcertada, é ainda melhor, porque minha curiosidade se aguça pelas suas observações.
Um abraço.