domingo, 3 de fevereiro de 2008

Balanço 2007 Parte 2

FILME:

Anti-Herói Americano



Direção: Shari Springer Berman e Robert Pulcini


Comentários:
Graças a minha total falta de interesse em cinema americano
quando da época do seu lançamento, cometi a estupidez
de não ver essa obra prima. Sim, eu sei que essa palavrinha
anda sendo usada meio que indiscriminadamente ultimamente
(inclusive por este que vos fala) mas Anti-Herói Americano
é um filme absolutamente genial e uma das mais inovadoras
(auto) biografias já filmadas.
Se a perfeição cinematográfica não existe, Anti Herói chega
próximo.

SÉRIES:

Supernatural



Após o término de Arquivo-X fiquei órfão de uma boa
série de horror (não vi Lost) até o surgimento desta série
bacana.
Supernatural não vai mudar o rumo das séries televisivas e
não têm um pingo de originalidade mas cumpre exatamente
o que promete: ser escapista e divertir.


QUADRINHOS:

O Sonhador-Will Eisner



Crítica:
Resenhar o Eisner é chover no molhado, é andar em círculos,
é ser a caixa de ressonância de outros resenhistas. Não existem
palavras para defini-lo simplesmente porque ele está além de
qualquer definição linguística. Poético? Humano? Gênio? Não,
nada disso... inútil... desisto UUFFFF.... LEIA-O e tirem suas
conclusões.

Nenhum comentário: