domingo, 6 de abril de 2008

Interpose-George Zebrowski-Resenha de conto





Sinopse:
Resgatado por uma patrulha temporal
momentos antes de sua morte, Jesus
acorda em um quarto habitado por
soldados da patrulha que desconfiam
de sua identidade e pretendem usá-lo
para outros fins.Consegue fugir e cai
num fluxo temporal que lhe conduz
ao futuro e vai parar no começo do
século XX. 20 anos depois, em 1935,
vivendo em uma cidade quase aban-
donada e com a memória consumida
pelo álcool e pelos efeitos da viagem
temporal, vaga pelas ruas sem saber
quem realmente é e qual seu papel
e influência na civilização ocidental.
Se ele é realmente Jesus, a Bíblia
não passa de um mero exercício de
imaginação?
Será preciso morrer para justificar a
existência do livro sagrado?
É ele realmente o Filho do Homem
ou um mero cidadão condenado a
cruz como tantos outros em sua
época?

Crítica:
Zebrowski é um dos mais cerebrais e
certamente o mais filosófico dentre os
autores da FC contemporânea.
Mesmo não sendo um leitor entusiasta
de FC hard, seu Ponto Omega me dei-
xou uma boa impressão quando o li
nos anos 90. Seus contos são mais
variados e talvez (pelo menos sua dark
fantasy) menos hard. Se eu fosse
classificá-los em apenas uma umbrella
eu os definiria como dark fantasy
especulativa com inclinação filosó-
fico-existencial.
Interpose é um conto cerebral e ambí-
guo; lento em seu ritmo e cósmico
em seu ponto de vista. Nele as pergun-
tas são mais importantes que as res-
postas, e elas, insuficientes.
Pela sua natureza ambígua é natural que
alguns pontos não tenham ficado claro
e talvez tenha sido a intenção do
autor. Não é revelado em detalhes,
por exemplo, a natureza dos experi-
mentos genéticos da patrulha temporal,
nem fica claro se o desejo que ele se
torne o "homem da ciência" tenha
realmente partido do Pai.
Não posso deixar de ressaltar a
precisão linguística do Zebrowski;
do pouco de FC hard que conheço
ele é certamente o mais polido e literato.
Interpose aborda temas incômodos,
mas estes são tratados com grande
maturidade, seriedade e finura de
estilo.
Ambíguo, pertubador e
intelectualmente estimulante,
Interpose é ficção especulativa de
alto calibre.

Cotação: ****1/2 de *****

3 comentários:

adam brown disse...

Hello I just entered before I have to leave to the airport, it's been very nice to meet you, if you want here is the site I told you about where I type some stuff and make good money (I work from home): here it is

RioFan disse...

Olá!
Seu blog eh muito bacana!
Acho que tem tudo a ver com o RIOFAN-Festival Internacional de Cinema Fantástico do Rio de Janeiro.
Acesse o nosso site http://www.riofan.com.br/ e ajude-nos a divulgá-lo no seu blog e em outros tb!

Valeu!

Bjus!

Brígida Oliveira
brigidacacau@hotmail.com

livia soares disse...

Beleza, Ramon.
Só tenho uma dificuldade: encontrar
p/adquirir essas maravilhas que vc nos mostra.
Um abraço.