sexta-feira, 1 de agosto de 2008

Teeth-Stephan Dedman-Resenha de conto



Sinopse:
Negociante de objetos de arte
e memorabília ilegal tenta ven-
der a um produtor de
Hollywood dois mini caixões
de ébano contendo os dentes
de Edgar Allan Poe e de sua
mãe. Enfurecido por dúvidas
quanto a origem dos dentes e
pela postura um tanto petulante do
negociante ele planeja uma vingança
a altura da arrogância do negociante.


Crítica:
Humor negro-sardônico na linha do
Robert Bloch e Roald Dahl, tempe-
rado por deliciosas referências literá-
rias e históricas é o que nos oferece o
veterano australiano Stephan Dedman.
Interessante notar que o autor, ao lon-
go do conto, retrata o produtor como
uma pessoa tão canalha e inescrupulosa
quanto o negociante. Sua admiração pelo
Allan Poe diz muito mais a respeito a mís-
tica e mitos em torno de sua imagem que
aos seus escritos.
Entretenimento erudito e engenhoso embalado
em prosa urbana, direta e elegante.
Uma pequena pérola.



Cotação: **** de *****

Nenhum comentário: