domingo, 17 de maio de 2009

The House of Mystery #195-Resenha de HQ

Obs: vinhetas e fillers não serão resenhados

The Bat Out of Hell

Sinopse:
No século XVIII marido alcoólatra é
despejado da pensão com sua família
e vai parar em um castelo abandonado
onde acaba por matar a sua esposa.
Ao esconder seu corpo em uma parede
arruinada passa a ser perseguido por um
morcego que acredita ser sua esposa em 
busca de vingança.

Critica:
Nunca consegui entender porque o de-
senhista Nestor Redondo não é lembra-
do com tanta frequência como outros
mestres do horror como o Gene Colan
e Bernie Wrightson. Seu traço clássico
carregado de sombra é ideal para contos 
de horror e neste ele dá um show de
atmosfera. O roteiro do Jack Oleck é 
rotina mas têm um maravilhoso twist
no final. 

Cotação: ****1/2 de *****


The Fantastic Wishing Well

Sinopse:
Criminoso procurado descobre um poço
dos desejos e faz fortuna.Vários anos 
depois é descoberto pela polícia depois
de acidentalmente revelar o produto do
seu roubo anos atrás.

Crítica:
Esta reimpressão dos anos 50
funciona razovelmente bem.
Nada de muito original mas 
prende a atenção até o final.

Cotação: ***1/2 de *****


Things Old... Things Forgotten

Sinopse:
Tirano pretende abrir uma trilha
em meio às colinas com o intui-
to de fazer um ataque surpresa
mas é impedido por forças mis-
teriosas.


Crítica:
O plot é meio que um rip-off do
Monstro do Pântano temperado 
com um quezinho do Lovecraft.
Ainda que eu prefira os originais
este conto está longe de ser ruim.
A arte do fantástico Bernie
Wrightson é boa mas não alcança
o mesmo nível de outros contos.

Cotação: **** de *****


Who Am I?

Sinopse:
Homem desmemoriado vaga
pelas ruas preseguido pela
memória de um rosto desconhecido.

Crítica:
Esta reimpressão dos anos 
50 deveria ter mofado por lá
mesmo!!
Taí um belo exemplo de uma 
ótima idéia pavorosamente 
executada. O final é de uma 
opacidade que causa arrepios.

Cotação: ** de *****


Impressão final:
No geral uma edição um tanto irregular
mas que consegue entreter em suas 45
páginas.

Nenhum comentário: