sábado, 8 de agosto de 2009

Hellblazer:Joyride #230-231 –Resenha de encadernado parte 1


A partir deste post estarei resenhando os três
arcos de histórias que compõem o encadernado
Joyride.

Sinopse:

John Constantine é algemado 
abaixo de um pier e vigiado
por um gânsgster que diz
estar cumprindo ordens, sem
saber que seu chefe é um
conhecido de Constantine.

Crítica:
Sempre gostei da Hellblazer mas
minhas leituras sempre foram es-
porádicas. Quando li uma minissérie
do Monstro do Pântano escrita pelo
Diggle gostei muita da maneira como
ele caracterizou o Constantine e ima-
ginei-o como um bom escritor para
a revista. Qual não foi a minha surpresa
ao visitar uma livraria em Salvador e
encontrar o primeiro encadernado da 
fase do Diggle na promoção.
A impressão que me fica nesse primeiro
arco é que o Diggle, apesar de não apre-
sentar nada de novo, também não decep-
ciona. In at the Deep End começa como 
uma história de crime e num twist violento
se torna um conto de zumbis com imagética
convencional muito bem executada pelo 
Leonardo Manco e um roteiro bem condu-
com boas surpesas e sacadas.
Se você deixou de ler Hellblazer por achar
estagnada e repetitiva certamente não encon-
trará nada de novo aqui, mas se não for com
muita sede ao pote ela pode saciar sua sede
por um conto de horror bem contado.

Cotação: **** de *****

2 comentários:

Bongop disse...

Infelizmente desta série apenas tenho os dois que foram editados pelo Devir portuguesa, e gostei bastante!
São eles:
- Todo o Seu Engenho
- Nas Ruas de Londres

Estava à espera que editassem mais, mas entretanto essa editora quase faliu, estando agora a levantar-se aos poucos...

Abraço

Ramon Bacelar disse...

Aqui no Brasil foram lançados vários números mas colecioná-los
se tornou um pesadelo editorial devido as várias editoras e confusão cronológica.

abs